<$BlogRSDUrl$>

24.7.04

OBSTIPAÇÃO 

A obstipação, ou prisão de ventre, é apontada como um dos grandes males da vida moderna. Não sendo um tema agradável, poucos querem falar sobre o assunto e, menos ainda, o assumem como um problema que lhes diga respeito. No entanto, só em Portugal, este problema afecta cerca de dois milhões de pessoas, na sua maioria mulheres, condicionando o seu bem-estar físico e psíquico.Múltiplas causas. A prisão de ventre possui inúmeras causas: uma dieta desregrada com ausência de fibras, ingestão insuficiente de líquidos, falta de exercício, existência de doença intestinal ou mesmo a idade avançada, são as causas mais frequentes.Regra geral, a prisão de ventre é uma disfunção intestinal temporária, sem gravidade que surge como consequência de hábitos de vida. Nestes casos, ingerir alimentos ricos em fibras, beber muita água, comer com calma, evitar uma vida sedentária, fazer diariamente pequenos percursos a pé e praticar regularmente desporto, são factores básicos de correcção para uma reeducação atempada de uma obstipação futura. As Soluções da Boehringer IngelheimNo entanto, são também muitas as situações em que uma dieta específica associada a uma alteração de estilo de vida não é suficiente para solucionar a prisão de ventre, sendo necessário recorrer ao uso de laxantes.Como cada caso é um caso e não há doentes nem problemas iguais, a Boehringer Ingelheim disponibiliza duas soluções, realmente eficazes para todos os tipos de obstipação pois actuam única e exclusivamente no intestino, promovendo o seu correcto funcionamento: Dulcolax® e Guttalax®.A ingestão de uma a duas drageias de Dulcolax® à noite, antes de deitar, proporciona uma defecação normal na manhã seguinte. Dulcolax® está também disponível em supositórios, constituindo estes uma excelente opção para situações agudas de prisão de ventre ou quando se carece de uma solução rápida e eficaz.Por ser em gotas, Guttalax® permite uma maior adaptação posológica a cada caso, sendo ainda mais fácil de dosear. Guttalax® não contém açúcar, podendo ser indicado a diabéticos.
(http://www.boehringer-ingelheim.pt/produtos/produtos_semreceita_obstipacao.html)





 
CONCURSO DE MONTRAS
http://www.dulcolax.pt/pt/Main/concurso/concurso.jsp




O OUTRO GANG 

http://www.ogang.blogsot.com

23.7.04

FOI BOA ESTA CURTA EXPERIENCIA 

DEU PARA APRENDER A PÔR IMAGENS

 
É ASSIM: 

 img src="http://www.example.com/mypicture.jpg"


 

 




...1 

É O QUE DÁ FICAR NO CIDEC SEM TELEMÓVEL...
O BLOGANG ACORDOU...
provavelmente não da forma esperada. paciência.

.G

... 

APLAUDIR...É O MÍNIMO QUE PODEMOS FAZER...

PORQUE ELE É UM VENCEDOR 

 

  

 

PORQUE ELE GOSTA 

 
 
 

 




porque ele é magnifico 



 



 



SÓ PORQUE SIM 











ESTA TB É MUITO BOA 

bola de berlim CLIX

 
Ingredientes:

Para a Massa:

500 g de farinha
25 g de fermento de padeiro
100 g de açúcar
3 ovos
75 g de manteiga
10 g de sal
raspa de ½ limão
1,5 dl de Rum
2 dl de leite morno

Para o Recheio:

5 dl de leite
1 vagem de baunilha
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de farinha maisena
175 g de açúcar
4 ovos

Receita:

Retire a manteiga do frigorífico. Pese e divida as quantidades dos ingredientes. Aqueça os 2 dl de leite sem o deixar ferver. Peneire a farinha. Abra os ovos um de cada de vez e junte-os, sem os bater, numa tigela. Lave e raspe a casca de limão. Coloque o óleo na frigideira. Coloque 200 g de farinha numa tigela, abra um buraco ao meio e junte o fermento. Deite um pouco de leite morno e amasse com as pontas dos dedos. Continue a juntar leite morno e amasse muito bem até obter uma massa homogénea. Tape com um pano e deixe levedar até dobrar de volume. Depois da massa levedada, coloque à parte numa tigela grande, a restante farinha e misture o açúcar, os ovos, a manteiga cortada em pedaços, o sal, a raspa de limão e o Rum. Acrescente o fermento levedado e amasse até que a massa se desloque do recipiente. Tape de novo com um pano e deixe levedar novamente. Depois da massa levedada, transfira-a para uma superfície de trabalho polvilhada com a farinha. Amasse-a durante mais alguns minutos e de seguida, forme bolas do tamanho que desejar. Tape-as de novo com um pano e deixe levedar por mais algum tempo. Frite-as em óleo bem quente e quando estiverem douradas de ambos os lados retire-as com o auxílio de uma escumadeira. Deixe-as escorrer sobre um papel absorvente e passe-as depois por açúcar. Para o creme de pasteleiro, leve ao lume o leite com a vagem de baunilha aberta ao meio. Quando levantar fervura, retire do lume e reserve. À parte, misture o açúcar com a farinha maisena, a manteiga em pedaços e os ovos e mexa bem. Retire a vagem de baunilha de leite fervente e verta-o em fio sobre o preparado batendo muito bem. Leve tudo ao lume muito brando, mexendo sempre com uma colher de pau, até que o creme fique espesso. Retire do lume e deixe arrefecer, mexendo de vez em quando. Depois das bolas de berlim fritas e polvilhadas com o açúcar, faça-lhes um corte no sentido longitudinal e recheie com o creme de pasteleiro frio.

Notas:

A massa estará levedada quando o seu volume tiver aumentado para o dobro.
Para que levede mais rapidamente, tape-a com um cobertor e reserve em local morno.
Para ter a certeza de que as bolas de massa estão bem levedadas, pressione-as com um dedo, o buraco que se formou voltará ao normal.
O óleo para fritar as bolas deve estar à temperatura de 170ºC.
Tenha o cuidado de não deixar ferver o creme de pasteleiro para que não se agarre ao fundo do tacho.

ÚLTIMA HORA 

Caldo de Perdiz
 
Ingredientes:
Uma perdiz
1 nabo pequeno
Uma cebola pequena~
4 batatas
100 gr de abóbora
100 gr de cenoura
Nabiças
Banha de porco
Azeite e sal

Preparação:
Descasque, lave e parta o nabo, a cebola, as batatas, a abóbora, a cenoura e coloque tudo numa panela com água. Coloque também a perdiz inteira e deixe cozer tudo muito bem. Quando a perdiz estiver cozida, retire-a e defie-a. Passe o puré, com a varinha mágica, os alimentos que estão na panela e que devem estar bem cozidos. Tempere com a banha de porco, o azeite e sal a gosto. Esfarrape grosseiramente as nabiças. Escalde-as e meta-as na panela do caldo. Adicione a perdiz desfiada e sirva bem quente.

Guia do XXII festival Nacional de Gastronomia de Sant

  


Alheiras com grelos e batatas
 
Ingredientes:
4 alheiras médias
1 molho de grelos de nabo
8 batatas médias
½ cabeça de alho
5 colheres de sopa de azeite
Sal
  

Preparação:
Lave as alheiras e enxugue-as. Escolha os grelos retirando os talos mais duros. Coza-os em água temperada com sal. À parte coza as batatas com pele, lavadas e cortadas ao meio em água com sal.
Entretanto grelhe as alheiras numa chapa bem untada com azeite, picando-as em diversos pontos com uma agulha. Numa frigideira, aqueça o azeite, junte os alhos pisados com as peles. Frite até alourarem.
Retire os alhos, junte os grelos escorridos e salteie para os envolver na gordura. Sirva as alheiras com grelos e as batatas peladas, tudo muito quente.


Dobrada à Vila Franca de Xira
 
Ingredientes:
1 kg de dobrada
½ kg de feijão branco
Duas cenouras
Uma linguiça pequena
1 pimento
Uma cebola grande
2 dentes de alho
Uma folha de louro
4 tomates
Uma colher de banha
1 ramo de salsa
Gotas de piri-piri a gosto

Preparação:
  
Depois de limpa devidamente, a dobrada é lavada com água, sal e limão, posta a cozer juntamente com a linguiça. O feijão branco é cozido à parte.
Faz-se o refogado, cebola picada, tomates limpos de pele e grainhas, o alho, a salsa, o pimento, a banha, a cenoura cortada às rodelas, o louro temperado com o piri-piri; conforme o refogado vai secando acrescenta-se pouco a pouco a água da cozedura da dobrara e do feijão branco. Junta-se a dobrada e o feijão até apurar.

 
Perua à moda do Alentejo
 
Ingredientes:
Uma perua nova de1kg
700 gr de tomates
Duas cebolas grandes
1 pimentão verde
2 dentes de alho
60 gr de banha
0,5 dl de azeite
1 ramo de salsa
Sal e pimenta

  
Preparação:

 Corta-se a perua aos bocados. Picam-se o pimentão verde, a cenoura e os dentes de alho. Juntam-se todos os ingredientes e deita-se tudo num tacho que se leva ao lume fraco para cozer. Serve-se acompanhado com couve flor cozida.

 

Pudim de tâmaras

Ingredientes:
250 gr de açúcar
125 gr de tâmaras
125 ge de amêndoas ou nozes
6 claras
  

Preparação:
  
Bata as claras com o açúcar até ficarem bastante duras. Junte as tâmaras e as amêndoas, previamente picadas. Vaze a massa numa forma de buraco, untada com manteiga, polvilhada com farinha e leve ao forno brando só a alourar. Depois do pudim desenformado, derrame por cima os ovos moles, que são feitos com as gemas que ficaram.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Listed on Blogwise